Agendar

Dúvidas e Agendamentos

(21) 99919-5552


A alimentação para as gestantes

O corpo da mulher passa por muitas mudanças durante a gestação e por isso a necessidade de vitaminas do complexo B, ácido fólico, ferro, zinco, iodo, selênio, vitamina A e vitamina C aumentam neste período, então pensando nisso aqui vão umas dicas para que a futura mamãe possa se manter saudável junto com o seu bebê.

Pois se a alimentação for fraca ou insuficiente, ou principalmente, se os estoques de nutrientes da gestante estiverem baixos, poderá comprometer o peso e crescimento fetal além de favorecer doenças na gestante.

O acompanhamento do pré-natal prevê orientações nutricionais, essas orientações visam que a grávida siga uma alimentação saudável importante garantir a demanda nutricional para o desenvolvimento do bebê e saúde da mãe. Exemplificando, uma alimentação saudável ajuda seu filho a nascer com o peso normal, melhora o desenvolvimento cerebral, reduz o risco de anomalias, contribui para que seja um adulto sadio, para a mãe reduz o risco de doenças, trás bem estar reduzindo sintomas, diminui chance de parto prematuro.

O que podemos recomendar para a gestante nesse período são:

  • Ingerir no máximo 300 kcal/dia,no 2o trimestre, a mais do que você come.
  • Faça lanches entre as refeições, um total de 6 refeições.
  • Evite frituras, doces,  gorduras, refrigerantes.
  • Escolha um dia na semana pra comer algo que goste.
  • Prefira carboidratos integrais, carnes magras, gorduras insaturadas.
  • Comer 60 a 70 g de proteína (3 porções/dia).
  • O sal (sódio) não deve ser excessivo, mas não eliminar.
  • Aumentar o consumo de alimentos ricos em vitaminas B, C e A e minerais como cálcio, ácido fólico, ferro, zinco, iodo, selênio.
  • O café (cafeína) deve ser consumido com moderação.
  • Bebida alcoólica proibido qualquer quantidade e tipo.
  • Suplementação de ácido fólico pelo menos até a 12ª semana (outros podem ser precisos)
  • Tomar mínimo de 2 litros/ 8 copos de líquidos.
Top